Google

Você consegue dizer não a outra pessoa e ficar em paz?

por

Como você se relaciona com os familiares e amigos? Se alguém liga pedindo algo, podendo ser apoio emocional, um favor ou algo financeiro, você está sempre pronto para ajudar? Deixa muitas vezes de dar conta da sua vida pessoal e profissional para atender a quem lhe solicitou algo chegando a se prejudicar? Sempre atendendo a todos pra ninguém ficar nem magoado nem frustrado com você.

Existem vários aspectos e consequências que levam a esse tipo de comportamento.

Acredito que muitas das pessoas agem dessa maneira com uma pessoa ou outra, variando a intensidade do comportamento, conforme cada indivíduo e a fase da vida que atravessa. É muito comum pais agirem dessa maneira com os filhos. Também se observa esse comportamento entre casais, quando um é muito exigente e insatisfeito e outro fica querendo agradar para manter o relacionamento tranquilo – o que é uma ilusão pois normalmente o relacionamento vai ficando sem transparência.

Um dos motivos que leva a esse comportamento é o fato de não suportar ver o outro frustrado. Então, sempre que um filho pede algo, ou o companheiro ou um amigo (mais comum com pessoas mais próximas), a pessoa já antecipa que, se não providenciar aquilo, o outro ficará frustrado, magoado e muitas vezes até chateado ou bravo.

E por que será que é tão difícil para algumas pessoas suportar a frustração do outro? Não seria mais fácil simplesmente dizer que não pode atender e se sentir em paz mesmo assim?

E aí que aparece outro motivo. Medo da rejeição, de não ser amado. A pessoa não consegue ficar em paz se não atender o outro. Pois aquela frustração, o medo que o outro fique com raiva e magoado, desperta no “bonzinho” o medo de ser rejeitado, de ficar só, de deixar de ter o amor das pessoas. E assim vai sendo criado um jogo de opressão.

As crianças pequenas jogam bem esse jogo se os adultos permitem. É só a criança começar a chorar. A mãe fica angustiada, sente-se culpada ou fica com pena e termina cedendo e fazendo algo que sabe que não deveria: dando a chupeta, cede aos apelos da criança e permite fica na cama com os pais, tira do castigo antes do prometido e … Racionalmente, a mãe até pode saber que não está agindo da forma mais correta, mas, emocionalmente, é levada a ceder. A criança, por sua vez, percebe que o jogo está funcionando e vai continuar fazendo em outras situações, podendo levar esse comportamento para a vida adulta.

Os adolescentes e adultos agem através de manifestações de raiva, reclamações, insatisfações. A pessoa que sempre cede que não suporta ver ninguém insatisfeito, termina fazendo tudo o que está ao seu alcance.

O “bonzinho”, mesmo quando ele fala que não fica esperando reconhecimento, no fundo ele espera sim. Magoa-se facilmente quando não retribuido. Tem medo de ser rejeitado, de ficar sozinho, de perder o amor das pessoas. A ideia de pensar que alguém não gosta mais dele causa-lhe um sofrimento horrível. Fica frustrado por se sacrificar pelas pessoas, mas guarda isso até o momento em que percebe que não é retribuído, é aí que ele vai cobrar. Se ele for visto como alguém que é muito “gente boa”, uma pessoa muito legal e evoluída, isso o envaidece. Ele normalmente vai criar um apego a essa imagem e fará de tudo para que as pessoas não percam essa visão a seu respeito. Isso tudo nos deixa claro que a autoestima baixa

Geralmente a pessoa que não sabe dizer não se auto intitula de boa, a vítima e a incompreendida. É possível que com o trabalho emocional com as técnicas EFT e TFT com a pessoa que tem o padrão apresentado acima passe a enxergar que é extremamente carente e com autoestima baixa. Uma pessoa que tem um medo enorme de ser abandonada e rejeitada, que manipula para que as pessoas precisassem sempre dela, que cobra muita retribuição e atenção de volta. Era isso que estava por trás de tanta bondade…

Com as técnicas de liberação emocional é possível trabalhar os sentimentos de rejeição, a insegurança, o medo do abandono, que pode ter inúmeras causas. Cada pessoa terá a sua carga emocional acumulada por diferentes motivos. É preciso investigar individualmente, aplicar a EFT e TFT para dissolver os sentimentos guardados e restaurar a autoestima.

E você consegue dizer não a outra pessoa e ficar em paz? Deixe seu comentário. Compartilhe sua experiência. Leio todos, um por um!

 

**** Se você tiver problemas de corte de palavras na parte direita desse post, … ************

segure a tecla CTRL de seu teclado e aperte a tecla -

para que não haja corte nas palavras. Isso pode ter ocorrido devido a versão de seu browser.

********************************************************************************

Terapeuta Emocional - TFT Advanced (Optimal Health Voice Technology) e EFT (Emotional Freedom Techniques) - Acupunturas emocionais sem agulhas. Terapeuta emocional, apaixonada por ajudar as pessoas a encontrar mais paz, mais equilíbrio, mais coragem, mais bem-estar em suas vidas!

1 Comment to Você consegue dizer não a outra pessoa e ficar em paz?

Deixe seu comentário aqui

  1. E muito interessante,faz sentindo Tudo isso acontece constantimente comigo na propria familia, todos me teem como a solucao de todos os problemas e as vezes me colocam em situacao complicadas que as vezes para nao frustar as pessoas eu acabo cedendo